Nós oferecemos aqui um conjunto das melhores práticas para a habitação social, baseadas em evidências,que são aplicáveis em situações gerais. Exemplos variados são discutidos para o contexto latino-ameri-cano. Soluções adaptáveis que agem buscando uma sustentabilidade duradoura e ajudam os residentesa vincularem-se ao seu (novo) ambiente construído. Buscamos novos insights nas ciências complexase, em particular, no trabalho de Christopher Alexander, sobre como desenvolver a forma urbana comsucesso. Aplicando as ferramentas conceituais de linguagem de padrões e códigos geradores, estesprincípios apoiam soluções prévias, derivadas por outros, que nunca foram levadas adiante de forma viável. Novas metodologias apresentadas aqui oferecem uma alternativa promissora ao fracasso dastipologias padrão da habitação social promovidas pelos governos em todo o mundo e que se provaram desumanizadas e, por m, insustentáveis

We offer here a set of evidence-based optimal practices for social housing, applicable in general situations. Varyingexamples are discussed in a Latin American context. Adaptive solutions work towards long-term sustainabilityand help to attach residents to their built environment. We draw upon new insights in complexity science, and in particular the work of Christopher Alexander on how to successfully evolve urban form. By applying the conceptualtools of pattern languages and generative codes, these principles support previous solutions derived by others, whichwere never taken forward in a viable form. New methodologies presented here offer a promising alternative to the failures of the standard social housing typologies favored by governments around the world, which have proven tobe dehumanizing and ultimately unsusustainable.